Nós guardamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de navegação. Ao aceitar, você concorda com esse monitoramento. Saiba mais em nossa política de privacidade. Aceitar
Culto Administrativo
Saiba Mais!

Data referência 07/01/2024

No Impulso da Graça

Autor: Helcias, Pr.

     Paulo foi indubitavelmente o maior responsável pela expansão do evangelho entre os gentios. 

Paul Gardner assim afirma dele: 

O legado para o mundo é enorme. Além do fato de ter levado a verdade do Evangelho a praticamente todo o mundo conhecido daquela época, também escreveu cartas muito significativas, as quais chegaram até nós como parte do cânon do Novo Testamento. Tais documentos são cheios de exposições sobre Jesus, o pecado, a salvação, a vida cristã, o futuro e a natureza da Igreja

     O apóstolo Paulo além de ser um plantador de igrejas, era também um pastor cuidadoso que sempre velava por suas ovelhas. Nunca se acomodava e se dedicava extremamente às igrejas a quem visitava quando tinha a oportunidade e lhes enviava cartas com admoestações, conselhos e instruções para que prosseguissem no seu crescimento espiritual. Conforme Gardner, as cartas de Paulo têm, em muitos aspectos, proporcionado o perfil para a Igreja através dos séculos.

     Os escritos paulinos de fato constituem a maior fonte de ensinos práticos para a Igreja no Novo Testamento. Estes ensinos serviram de parâmetro não só para as igrejas do primeiro século como para as demais que surgiram e continuam servindo para as igrejas de hoje.

     Para Paulo, a redenção em Cristo era exclusivamente pela graça de Deus. Este era o motivo de seu incessante trabalho na evangelização e cuidado das igrejas. A graça divina era a mola que o impulsionava. A mesma graça deve também ser o motivo de nosso trabalho cristão, imitando o grande apóstolo como este de Cristo era imitador.