Nós guardamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência de navegação. Ao aceitar, você concorda com esse monitoramento. Saiba mais em nossa política de privacidade. Aceitar
Culto Administrativo
Saiba Mais!

Data referência 18/02/2024

Me Engana que Eu Gosto

Autor: Helcias, pr.

   Marília de Camargo César escreveu um livro intitulado Feridos em nome de Deus. O livro é uma reportagem que aborda a realidade da igreja evangélica no Brasil. Feridos em nome de Deus aborda o abuso espiritual, definido como o encontro de uma pessoa forte com uma fraca, em que a forte usa o nome de Deus para influenciar a fraca e levá-la a tomar decisões que acabam por diminuí-las física, material ou emocionalmente. Nesta abordagem, a autora perplexa constata que jovens universitários em crise pessoal deixam seus empregos para se dedicarem à religião e acabam decepcionados.

    O motivo deste monstruoso quadro? A resposta é o título desta pastoral: Me engana que eu gosto. O ser humano desde a sua origem no Éden, tem uma predileção enorme pela mentira. Foi com ela que Satanás nos atraiu ao pecado.

    Infelizmente não somos nem estamos imunes a esta situação. Amamos a mentira. Preferimos ouvir mentiras que massageiem nosso ego e nossa emoção do que a verdade que por vezes nos fere, mesmo que estas mentiras terminem por ferir-nos verdadeiramente.

    Fico a me perguntar: será que se pregássemos mentiras deliberadamente no púlpito, não teríamos crentes mais fiéis? Fiéis na frequência aos cultos, nos dízimos, nas ofertas e nas próprias vidas.

    Que o bom Deus tenha misericórdia de nós!